Quando o encontro

18:06


Diferente dos demais dias, sai àquela noite ansiosa para encontra-lo. Passei algumas horas a mais em frente ao espelho, me preparei para que ele me notasse.

Quando adentrei aquele lugar, já pude sentir o seu doce perfume, me invadia, me lembrava de cada palavra. Algumas pessoas puderam notar algo diferente, notaram como me arrumara e como de fato meus olhos estampavam tamanho amor.

Passei alguns anos acreditando que eu seria aquilo que me condenaram, quando o Senhor me mostrou quem de fato sou e quem posso ser, algo mudou, algo em mim acreditou em cada palavra e meu coração sabe a verdade que exala de cada promessa.

São processos, nada se altera do dia pra noite, são fases e lições necessárias para nos fazer compreender tamanha bondade, e em como somos apenas barro nas mãos do oleiro.

Aquela noite? Foi um marco, consegui tirar o resto da máscara que me impedia de viver cada promessa. Deixei algumas paisagens e tomei a iniciativa de não ser apenas guiada por Ele, mas de colocar tudo nas mãos do meu Deus.

Hoje, extasiada, deleito-me em uma graça sem fim. Descanso como uma criança que se aninha no peito do Pai e sabe que o dia mal não poderá me derrotar, que as feridas tornam-se cicatrizes e que toda lágrima converterá em um largo sorriso

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe