Só quero ver você!

18:00



(Enquanto lê, ouça Só quero ver você)

Raras, são as ocasiões que uma canção, seja capaz de descrever em total essência, o que se passa em nosso coração. Esta é uma preciosidade, que preciso compartilhar.

Quando o mundo insiste em apontar os dedos, persiste em julgar, o que Deus já não lembra, porque o Pai é assim, você pede perdão e Ele questiona “Isso? Nem me lembro meu filho!”, e então percebo que não preciso me esconder,não preciso temer pelas minhas falhas. O véu foi rasgado, e ali cada gota de sangue foi um alto preço, a prova que eu não poderia realizar, se não o único filho.

A glória dele me faz entrar em êxtase, nada é capaz de formular, mesmo que com a palavra mais bonita do dicionário, a beleza do mesmo não pode ser medida ou igualada, experiências sobrenaturais não são fáceis de explicar.

Quando nos deixamos na presença dele, nos permitimos ser usados como instrumentos, é possível além de sentir, visualizar esse amor nas pessoas, talvez seja a melhor das experiências, a melhor de todas as sensações, sentir e entender, um Deus de compaixão, um Pai zeloso, e podemos enfim compreender um terço, do que os anjos veem.


Convido você a contemplar esse amado. Ah, se você soubesse a grandeza, sequer olharia para as circunstâncias. Se você vesse apenas Ele, no seu dia, na sua casa, nas suas amizades, em seus relacionamentos, poderia vislumbrar o propósito, aquele que desde o ventre foi designado a você! Olhe a face do Criador, daquele que primeiro lhe amou.

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe