Em quem você confia?

12:00


Existem feridas, tão profundas, que mesmo que passe anos, ela interfere direta ou indiretamente em nossas vidas. Problemas nascem e não sabemos de onde surgiram. Decepções viram bolas de neve que nos fazem desistir, nos fazem parar de sonhar, e nos fazem acreditar que não merecemos tais sonhos.

Nosso subconsciente é totalmente afetado, de forma a colocar em uma pasta, cada trauma, cada dor. Contudo esse peso continua, essa dor que do coração atinge o âmago continua a latejar, continua a insistir que não há amor que possa suprir tal perda.

Pois eu te digo que é possível tratar, que é possível curar. Não, não é impossível. Há um amor que supre toda falta, toda dor. Amor inabalável, amor inesgotável.

Mas, não há cura se não houver entendimento, se não houver confissão. Por mais que há alguém em quem confiar, a confissão deve ser feita somente a você, você deve aceitar, você deve declarar, mesmo que doa admitir, por mais que a dor se compare a um parto.

Confesse, lágrimas serão essenciais nesse processo, não tenha medo, deságue um mar, coloque pra fora a dor de anos, coloque tudo o que você guardou, não retenha nenhuma gota.

Compreenda, que com o erro, aprendemos. Entenda que a culpa, não é sua. E o principal, entenda que ALGUÉM, foi capaz de morrer por amor a você, e não existe maior prova que essa.


Teu passado não define futuro, o que define é em quem você confia.

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe