Guerra Incandescente IX

20:30



Enquanto lê ouça Ruídos.

Joshua estava preocupado, há semanas não recebia as cartas de Helena. Ele sabia o que acontecia, ouvia as notícias e de certa forma estava presente, contudo Ele ansiava saber das palavras de sua amada, saber tudo, pela perspectiva dela.

“Querida Helena,

Tudo bem? Não tive mais notícias suas, sinto falta de suas palavras, falta de ouvir um pouco do que os teus olhos vêem e de como seu coração alegra-se em ver outros felizes.

Minha querida, sei que as lutas diárias e seus problemas tendem a nos forçar a permanecer no chão, e muitas vezes distante de tudo e todos, porém lembre-se Eu Sou contigo. Sim, Eu estarei com você, mesmo que tudo aponte pro não ou mesmo o desânimo ameace permanecer em ti.

Filha, Eu coloquei você onde sempre soube que seria o ideal. Só você poderia acalentar almas tão aflitas, só você poderia levar a verdade em meio ao caos. Estou formando uma mulher virtuosa, mulher que sabe quem é em Cristo, estou lhe ensinando a esquecer dos ruídos ao redor e focar no propósito, pois muitos se levantam contra tua vida, contra tua conduta, todavia sabemos que onde a verdade habita, ali há a vida. Sê forte, pois estou contigo, auxiliando-lhe no processo de criação de sua história.

Não se esqueça de mim, me conte o que aflige sua alma? O que a deixa tão distante e pensativa? Seria eu um Rei tão insuficiente que não poderia lhe conceder o que sua alma anseia?

Desesperado por suas palavras,

Joshua”

Acompanhe a próxima carta no blog: "La Branca".

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe