Guerra Incandescente II

20:30



Enquanto lê ouça Que Amor É Esse?

“Querida Helena,

Mal sabes o quanto suas palavras me alegram. Desde o início planejava cada detalhe de sua vida, tudo que tens em mãos não é obra do acaso, ou de força humana, e sim um mero presente que lhe dou.

Filha, sua dor servirá de cura para essa guerra. Como você disse, podes parecer insignificante a olhos alheios, mas eu conheço seu interior, sei o que passastes, e como o sofrimento lhe moldou. Também tenho ciência que só o meu amor basta para te levar além.

Um dia, a guerra findará! E nós, nosso povo e família, estaremos juntos ao Pai. Continue, seja fiel, e no pouco, e no muito lhe farei mãe de nações.

Meus braços continuam abertos, a sua espera. Ninguém poderá me substituir em sua vida, assim como ninguém substituirá você.

Princesa, ao fim do dia, conte-me sua história. Estarei presente, mesmo que tudo aponte para o não. Se preciso for, cante, a doce melodia chegará aos meus ouvidos. Escreva, as palavras possuem tamanho poder, que corações calejados, podem enfim respirar um novo tempo.

Não esqueça-se de mim!

Com amor,

Joshua”

Acompanhe na próxima semana no blog: "La Branca".

Primeira carta.

Leia Também

0 comentários

Twitter

Subscribe